Você já se perguntou como funciona o Aparelho Ortodôntico?

O primeiro passo é a instalação do aparelho ortodôntico, após isso, o processo é lento, contínuo e é estimulado a cada consulta de manutenção

25/02/2018

O aparelho ortodôntico é utilizado por ortodontistas em seus pacientes para fazer o alinhamento dental e o tempo de duração do tratamento depende do caso de cada paciente. Existem vários tipos de aparelho, mas os mais procurados pelos pacientes são o estético e o convencional, mas ambos atuam da mesma forma.

“Os aparelhos são iguais em eficiência, se diferenciam apenas na aparência. Enquanto o aparelho ortodôntico estético é da cor dos dentes, o convencional é metálico”, explica Carolina Marçal Vaz, dentista da Unidade OrthoDontic de São Paulo.

Saiba como funciona o tratamento com Aparelho Ortodôntico

O primeiro passo é instalar o aparelho corretamente, o que só pode ser feito por um Ortodontista. Fique atento!

Após a instalação, o Ortodontista vai fazer com que o aparelho puxe ou empurre o dente na direção que ele precisa se movimentar. É importante estar ciente que o tratamento não acontece somente na cadeira do dentista, mas sim 24 horas por dia, sem intervalos.

Quando o aparelho dental aplica uma força nos dentes, reações orgânicas acontecem ao redor deles para que possam se movimentar. No sentido da força, o osso é lentamente reabsorvido pelo organismo para abrir espaço para o dente. Assim, o dente se desloca para ocupar o espaço criado. No lugar que antes era ocupado pelo dente fica um espaço vazio. Lentamente o organismo se encarrega de fechar este espaço, formando novo tecido ósseo. Este processo é lento e contínuo e é estimulado a cada consulta de manutenção do paciente.

O intervalo de tempo entre as manutenções normalmente é de um mês, pois este é o tempo necessário para o organismo conseguir formar o osso e não causar prejuízos às raízes dos dentes.

Se forem muito próximas, uma força excessiva será aplicada nos dentes num curto espaço de tempo, o que pode causar a reabsorção das raízes e impossibilitar a regeneração óssea nos espaços deixados pelos dentes. Por outro lado, intervalos de tempo entre as manutenções muito superiores a um mês, também são prejudiciais ao tratamento. As margens ósseas cicatrizam e ficam mais duras, exigindo uma força maior para que os dentes voltem a se movimentar. Isso provoca atraso no tratamento e também pode causar a reabsorção da raiz.

 

Ainda tem dúvidas? Assista o vídeo que a OrthoDontic fez especialmente para explicar o movimento dos dentes durante o tratamento ortodôntico.

 

Setor de Comunicação

Agende Sua Avaliação

E comece seu tratamento agora mesmo.

AGENDAMENTO ONLINE

DEIXE SEU TELEFONEQUE LIGAMOS PRA VOCÊ.

NOTÍCIAS SOBRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *