Ser empregado ou empreendedor?

05/05/2016

Quando a economia oscila, há um movimento forte no mercado de trabalho. Muitas pessoas perdem o emprego, há empresas que fecham as portas, pessoas que ficam sempre com o medo de não ter mais o salário a cada mês. O que fazer quando a baixa na carteira de trabalho for a sua?

Há alguns caminhos, vamos citar dois. Você pode buscar uma recolocação no mercado de trabalho e, neste caso, vai precisar de terceiros. É preciso que esta vaga exista e que você preencha os requisitos necessários. Outro caminho é buscar algo seu, um negócio próprio. Mas para quem nunca foi “patrão”, saber quais caminhos tomar não é tarefa simples.  É nessa hora que o franchising pode ser uma boa escolha.

Desde que esse modelo foi criado, empreendedores começaram a investir dinheiro, trabalho e ideias em algo já consolidado. Ao invés de dar um tiro no escuro, viam o alvo que queriam atingir de forma clara, aumentando as chances de acerto de forma exponencial. Há franquias de todo o tipo e valor: alimentação, moda, salões de beleza, cosméticos, serviços dos mais diversos. Elas oferecem estrutura e segurança para quem vai começar no mundo dos negócios.

A Ortodontic Center, que atua no segmento da Odontologia, é um exemplo. A franqueadora faz o estudo estratégico na cidade para identificar qual a melhor localidade para implantar a clínica e ainda fornece modelo de negócio pronto, unidade construída, treinamento de funcionários, planejamento de marketing e acompanhamento frequente, o negócio começa com uma base sólida. Em tempo de incerteza, ter uma estrutura já formada é um alento para o empreendedor.
Setor de Comunicação Ortodontic Center.

Notícias sobre

2 respostas para “Ser empregado ou empreendedor?”

  1. Boa tarde! Como faço para ser empreendedor na ortodontic center? E qual o valor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *