Empreendedores veem na odontologia uma oportunidade de negócio

Ela cresce acima da média nacional e atrai empreendedores de diferentes campos do conhecimento

09/08/2017

Uma das áreas que tem se destacado no franchising brasileiro é a área de saúde e bem-estar. Ela cresce acima da média nacional e atrai empreendedores de diferentes campos do conhecimento de olho na lucratividade e no mercado a se explorar.

A odontologia, por exemplo, é uma das áreas do setor com demanda reprimida e, com isso, vem faturando alto no segmento das franquias

Eduardo Fonseca, administrador de empresas em Juiz de Fora, é proprietário de uma unidade da Orthodontic há 6 anos. Ele conta que estava pesquisando oportunidades de negócio no site da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e por ter uma esposa dentista virou os olhos para este segmento. “Vi que poderia conciliar as nossas duas áreas, a minha e a dela. O negócio era muito bom e seria não apenas uma clínica para ela, mas um negócio para nós dois”, conta.

Hoje, 6 anos após abrir as portas, ele se diz muito satisfeito com a escolha. “A unidade vai a todo vapor com metas para expansão”, antecipa. Para ele, o setor de serviços tem vantagens em relação ao de produtos, principalmente na lucratividade. “A rentabilidade pode ser trabalhada de uma forma melhor no setor de serviços, o que te diferencia do concorrente neste caso é o know how. Vejo que a área da saúde é bem carente, nossa população sofre ao não ter acesso a uma saúde de qualidade, e a odontologia tem um mercado de reserva e margem de lucro interessantes que fizeram o meu ouvido de administrador saltar na época em quem estava pesquisando franquias. A margem alcançada em rede não é possível em uma clinica sozinha”, destaca.

Eduardo não é o único a lucrar com a odontologia. Só a Orthodontic tem hoje 180 unidades no país. Há inclusive franqueados donos de mais de uma unidade. O dentista Lucas Bottin, por exemplo, é proprietário de três unidades: em Realeza, em Francisco Beltrão e Pato Branco, todas no Paraná.

“Estou satisfeito com as três unidades. Somos muito bem amparados nos relatórios mensais, na consultoria de campo, na motivação que vem dela. Sou feliz de ter entrado e estar na rede. Como pessoa cresci bastante, despertou o lado empresário que eu não tinha antes. Posso dizer que a franquia da Orthodontic é algo que agrega valor à minha vida e eleva a minha autoestima. A odontologia é um negócio”, saliente Lucas.

Para ele, o lado da gestão e da profissionalização do negócio são os grandes diferenciais do franchising. “Como dentista, posso dizer que a nossa profissão gera muita dificuldade no que se refere à gestão. Nos preocupamos muito com a cadeira, com o atendimento do paciente, é nesta área que nos especializamos e deixamos de lado a parte comercial e de gestão. A franquia vai te dar o know how, vai ter consultoria para te auxiliar e apoiar na gestão administrativa e comercial, no marketing. Esta é a grande vantagem”, conclui.

Para quem está de olho nas oportunidades de negócio, vale pesquisar este segmento.

Notícias sobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *