Payback de franquias: entenda o que é e como funciona

23/05/2022

Antes de fazer um investimento, muitas vezes surgem muitas dúvidas sobre um negócio, como: “Esta é uma opção realmente lucrativa?”, “Vou me adaptar ao mercado?”, “Qual é o tempo de retorno?” Algumas dessas dúvidas devem ter vindo à sua mente, não é?

E, para te ajudar nesse processo de incertezas e muitas dúvidas, vamos esclarecer uma das dúvidas mais comuns entre os empreendedores: o que é payback de franquias e como são calculados os retornos. Leia a seguir.

O que é payback?

O payback de franquias é um cálculo fundamental para a estratégia de quem deseja empreender como franqueado. Afinal, como em qualquer outro negócio, precisamos verificar com cautela o tempo de retorno desse investimento.

Essa medida é necessária para avaliar se a marca de fato oferece um negócio viável, ou seja, se como franqueado você vai conseguir recuperar o seu investimento em um tempo satisfatório.

Como esse é um dos principais fatores que você precisa avaliar na hora de investir, preparamos este material para falar mais a fundo sobre isso. Continue lendo e confira como  fazer seus investimentos com mais segurança.

Para que serve o payback?

Qualquer negócio que pretendemos abrir requer algum tipo de investimento inicial. Quando essa empresa começa a operar, os primeiros ganhos obtidos na verdade são um retorno desse investimento feito no início. Depois de certo tempo essa empresa consegue cobrir todos esses custos iniciais e começa de fato a obter apenas lucros.

O payback é o tempo necessário para que uma empresa proporcione esse retorno do investimento inicial. Logo, o payback de franquias é o tempo que o franqueado precisará esperar para ter de volta o valor que entregou para a franqueadora na hora de abrir a sua unidade. É a recuperação do seu capital investido.

A função do payback é servir como um indicador de desempenho. Ele é um grande aliado do empreendedor justamente porque permite descobrir quanto tempo será preciso para que os lucros da empresa consigam se igualar ao valor que investiu.

Para quem deseja se tornar um franqueado, o cálculo do payback é indispensável para descobrir se aquela marca atende às suas expectativas. Mas é importante ressaltar que não existe uma regra específica.

O retorno pode acontecer em poucos meses, mas, dependendo da franquia e do seu valor inicial, até mesmo alguns anos. Por isso, fazer o cálculo é tão importante, uma vez que o empreendedor deve verificar se o tempo de payback estará condizente com o custo inicial da franquia.

Seja como for, o ideal é que o retorno aconteça o quanto antes, pois estamos falando de investimentos que, muitas vezes, têm um valor considerável.

É importante ressaltar também que esse período em que o franqueado aguarda o payback não significa que ele esteja obtendo prejuízo. Ao longo das suas operações, a franquia já estará obtendo a sua rentabilidade e cobrindo as despesas mensais. Gradativamente o franqueado consegue recuperar o valor investido no início.

Como o payback funciona no modelo de franquias?

O payback não é diferente nas franquias. Conforme explicamos, é o tempo que o franqueado precisará para recuperar o seu investimento inicial. Isso envolve o valor que ele entregou para a franqueadora e os demais investimentos feitos, por exemplo, para a reforma do ponto, aquisição de equipamentos, a contratação de colaboradores, e assim por diante.

Vale ressaltar que nas franquias existe um aspecto que precisa de atenção quando se trata de payback. Algumas marcas podem apresentar um crescimento considerável no começo, mas não ter uma boa sustentabilidade.

Significa que algumas franquias têm uma excelente aceitação no começo, o franqueado consegue obter o seu payback em poucos meses, mas o negócio não é sustentável. Depois de passado esse primeiro momento, a rentabilidade fica menor e pode começar a não compensar.

Perceba que o payback em franquias é um indicativo importante para saber quando você terá o seu dinheiro de volta, mas não é o único aspecto que pesa. A sustentabilidade da marca e as expectativas de faturamento devem ser consideradas, inclusive pensando em sazonalidades.

Vamos pegar como exemplo uma franquia de sorveteria. O empreendedor decide abrir a sua unidade nos meses mais quentes do ano para obter o retorno rápido do investimento, mas esquece de considerar a sustentabilidade nos meses mais frios, quando o movimento pode sofrer uma queda significativa.

O faturamento obtido antes compensa nesse caso? Afinal, ele pode ter obtido o seu payback, mas precisa considerar se nos demais meses conseguirá o faturamento necessário para manter as portas abertas.

Como fazer o cálculo do payback de uma franquia?

Para fazer o cálculo do payback de franquias primeiro você precisa saber quais são as expectativas de rendimento mensal para aquela marca. Também deve fazer um levantamento dos custos para manter a unidade aberta.

Podemos calcular de duas formas, sendo o payback simples e o payback descontado. No payback simples somamos os valores do fluxo de caixa até que ele se iguale ao valor investido inicialmente. No segundo caso, fazemos o desconto do fluxo de caixa e também consideramos algumas taxas como Custo de Capital, Valor Presente Líquido e a Taxa Mínima de Atratividade.

Calcular o payback é simples e fácil. Digamos que a franquia exige um investimento inicial de R$ 250.000 e o seu faturamento seja de R$ 50.000. Basta descontarmos esses R$ 50.000 até zerar o valor do investimento, ou dividir o custo do início pelo faturamento mensal.

Ficaria assim:

  • 250.000 / 50.000 = 5

Logo, neste exemplo serão necessários 5 meses para obter o payback.

Por que investir em uma franquia?

É importante lembrar o que explicamos no começo do artigo: o payback é um cálculo que precisa ser feito antes de investir em qualquer modelo de negócio. Isso porque o empreendedor precisa dar início a sua empresa de uma forma consciente, sabendo quanto tempo será necessário para obter o retorno do seu investimento, calculando a viabilidade e sustentabilidade desse negócio.

O payback de franquias pode ser mais fácil de ser alcançado por causa do modelo de trabalho. Vale a pena investir em uma franquia por se tratar de um negócio estruturado previamente e que tem um sistema que comprovadamente funciona.

As franquias já tiveram todo o seu planejamento, outras unidades já estão abertas e a franqueadora teve a oportunidade de aprimorar seus processos, fazer correções e ajustes em estratégias para garantir ainda mais rentabilidade e sustentabilidade. Por isso o retorno pode acontecer mais rápido.

As franquias são uma opção mais segura para quem deseja investir no seu próprio negócio. Basta analisar com cautela a marca, uma vez que os retornos não são iguais em todas elas, como também já explicamos.

Considerar o payback de franquias na hora de investir é fundamental para que você possa avaliar qual marca atende suas expectativas e para ter uma segurança ainda maior na hora de abrir o seu negócio. Assim pode optar pela marca que oferece maiores chances de sucesso.

Você já conhece o modelo de franquias OrthoDontic? Acesse o site para saber mais e descobrir se essa é a oportunidade que você estava esperando para abrir o seu negócio!

Notícias sobre