Franquias odontológicas: conversão de consultório vale a pena?

O Franchising tem apresentado oportunidades para muitos Dentistas no Brasil. Descubra se este tipo de negócio é para você

15/07/2020

O crescimento exponencial das Franquias Odontológicas no país e no mundo faz com que muitos Dentistas se perguntem se vale a pena aderir a este tipo de modelo. Para quem já possui a própria Clínica, a Conversão de Consultório figura como a porta de entrada mais estratégica.

Fazer esta transição pode trazer muitos benefícios se os objetivos do profissional estiverem alinhados aos da Rede. Por isso, esta decisão importante deve ser tomada a base de muito estudo.

O que é conversão de consultório?

A conversão de bandeira é uma prática comum no Franchising e visa oferecer oportunidade de adesão a uma Rede de Franquias caso o empreendedor opere no mesmo segmento. A ideia é transformar um negócio existente em uma Unidade Franqueada, aproveitando parte da estrutura original e fazendo as adaptações necessárias para a padronização.

No caso das Clínicas Odontológicas, este processo é chamado de conversão de consultório e costuma demandar um capital inicial mais acessível, justamente porque parte da estrutura necessária já existe!

Acesse o dicionário do Franchising e conheça todas as terminologias!

Conversão de consultório é para mim!

Antes de converter o seu consultório em uma Unidade Franqueada, você deve analisar as vantagens oferecidas e entender se representam diferenciais positivos do seu ponto de vista.

Algumas destas vantagens estão listadas abaixo:

Proteção contra crises

Durante qualquer período de instabilidade o profissional autônomo é um dos primeiros a sofrer as consequências. Não é diferente para empresários individuais ou micro empreendedores, que não possuem estrutura para atravessar tempos de “vacas magras” sozinhos. Muitas vezes, acabam indo à falência neste período.

Para consultórios e Clínicas que trabalham de maneira isolada a realidade é a mesma. Em Rede, o Dentista empreendedor conta com orientação e suporte da Franqueadora durante a turbulência, reduzindo seus impactos e fazendo com que o Franqueado possa enfrentar a crise com tranquilidade.

Potencializar lucros

Uma Rede de Franquias oferece know-how testado e com resultados comprovados para que o Dentista toque sua Clínica, além de planos de negócio detalhados e suporte de Consultores em tempo integral.

Muitos dentistas chegam a conseguir em 12 meses um número de pacientes superior ao de cinco anos trabalhando sozinhos.

Confira o depoimento de Luciana Gratão, que converteu sua Clínica em uma Franquia Odontológica e hoje possui duas Unidades em Guarapuava – PR. 

Poder de negociação

Além de aumentar as entradas, o sistema de Franquias pode diminuir os custos do negócio através das compras cooperadas.

De itens do dia a dia a materiais sazonais, todos os insumos são negociados em escala em função do número de Unidades da Rede. Esta possibilidade faz com que os preços caiam e os prazos de pagamento possam ser estendidos.

Focar na gestão

O modelo de Franquias permite que o dentista preste atenção ao desenvolvimento de seus indicadores e de sua equipe, assumindo o papel de gestor.

Sozinho, muitas vezes o profissional precisa se dividir entre muitas funções e atendimentos, não conseguindo monitorar devidamente a saúde da Clínica.

Tecnologia e Marketing

Em uma Rede de Franquias as Unidades dividem custos para adquirir ou desenvolver tecnologia de ponta e grandes campanhas de Marketing.

Estes recursos podem chegar a quantias milionárias, impossíveis de serem bancadas por uma única Clínica.

Neste modelo, é possível, por exemplo, ter uma celebridade como embaixadora da marca da sua Clínica ou dispor de inteligência artificial, dividindo os custos com centenas de outros Franqueados.

Capital intelectual

Além de todos os recursos tangíveis compartilhados em uma Rede de Franquias, a conversão de consultório pode fazer com que o Dentista ganhe novos conhecimentos e mantenha-se sempre atualizado.

Grandes Redes investem em treinamentos para desenvolvimento não somente dos colaboradores das Franquias, mas também de seus líderes.

Conversão de consultório não é para mim!

Mesmo com todas as vantagens, a conversão de consultório será benéfica apenas se o Dentista tiver perfil para gerir uma Franquia.

Algumas questões podem fazê-lo não se sentir à vontade neste papel.

Faço questão de ficar na cadeira

Para muitos Dentistas, abandonar os atendimentos Clínicos é motivo de grande frustração.Para que uma Franquia atinja o sucesso projetado em seu plano de negócios, é preciso que o Franqueado se dedique exclusivamente à gestão da Clínica.

Quero tomar decisões sozinho

Em uma Rede de Franquias, qualquer ação tomada pelo Franqueado impacta não somente ao negócio dele, mas a todas as outras Unidades.

Há liberdade para propor mudanças, mas todas as ideias devem ser testadas e validadas pela Franqueadora, assegurando que o novo processo não prejudique as Operações.

Afinal, Conversão de Consultório vale a Pena?

Sim! Desde que você esteja disposto a respeitar os padrões determinados pela Rede, pois, foram testados anteriormente e os resultados só serão alcançados se as diretrizes forem seguidas!

Se você pensa em converter o seu consultório em uma Franquia Odontológica, pesquise sobre a credibilidade da marca escolhida, o site da Associação Brasileira de Franchising – ABF e outros portais do segmento possuem uma série de informações úteis.

Você também pode conversar com Franqueados da Rede que está avaliando e, se possível, realizar um test drive de Franquias!

Notícias sobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *