Franqueador e franqueado, um relacionamento!

25/10/2016

Muitos são os fatores necessários para que uma franquia prospere. Dentre eles está o relacionamento!

A franquia nada mais é que um contrato entre duas partes, cada qual com suas obrigações. Por isso, é fundamental que tanto franqueado quanto franqueador estejam afinados, em sintonia, para obter um negócio perene e lucrativo.

Quando um empreendedor decide por ingressar em uma rede, ele precisa passar pela etapa fundamental no “namoro”. É nesse momento que ele vai conhecer a franquia desejada e saber se ela está de acordo com seus anseios. Do outro lado, o franqueador também vai conhecer o candidato para saber se ele se adequa ao seu negócio. Ambos precisam estar em acordo.

“Tomamos muito cuidado nesta etapa. Quando alguém almeja entrar na rede, fazemos uma criteriosa seleção que inclui entrevista, capacitação e até test-drive do negócio. O futuro franqueado recebe todas as informações para que saiba exatamente o que terá que fazer e o que esperar de resultados”, ressalta Fernando Massi, sócio fundador da Ortodontic Center. A rede está entre as que mais crescem no Brasil e tem a maior lucratividade do segmento. “Acredito que isso está ligado a esse cuidado que temos na etapa de seleção. O ‘casamento’ perfeito vem do conhecimento das partes, a grande maioria das nossas unidades já abre as portas batendo as metas antes do prazo estimado. Resultado que estimula a todos”, pontua Massi.

Notícias sobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *