Pesquisar
Close this search box.

Oclusão dentária: entenda o que é e quando pode acarretar problemas

Oclusão dentária entenda o que é e quando pode acarretar problemas

Oclusão dentária é o termo utilizado para descrever a maneira como os dentes superiores e inferiores se encaixam quando a mandíbula se move. Alguns casos de desalinhamento são bem perceptíveis, enquanto outros só um Dentista consegue identificar. De todo modo, isso pode gerar problemas que não comprometem apenas a estética, mas também a qualidade de vida de maneira geral.

Como é uma situação bastante comum, nós preparamos esse conteúdo completo para você. Acompanhe o post e saiba tudo sobre o assunto.

Afinal, o que é oclusão dentária?

Como mencionamos no início, a oclusão dentária refere-se à forma como os dentes se encaixam quando movimentamos a mandíbula, visto que está associada à relação funcional entre as gengivas, dentes, articulação temporomandibular e demais partes que compõem o sistema.

Popularmente chamamos a oclusão dentária de mordida. No entanto, não podemos limitar seu conceito apenas à mastigação, pois o equilíbrio de todos os elementos que participam do movimento do maxilar inferior é essencial também para a deglutição e para a fonética.

A oclusão normal é quando os dentes superiores e inferiores encaixam-se corretamente quando a mandíbula está fechada, enquanto os dentes laterais ficam em contato com os dentes opostos. Qualquer situação diferente dessa pode ser classificada como má oclusão.

Quais são os sintomas da má oclusão?

A má oclusão pode ser de diversos níveis. Em alguns casos, pode ser imperceptível para quem é leigo no assunto. Assim, os sintomas podem variar conforme o grau do problema no alinhamento dentário. Os mais comuns são:

  • desgaste nos dentes;
  • dores de cabeça ou dores faciais;
  • desconforto para respirar;
  • perda precoce de dentes definitivos;
  • dores no pescoço;
  • aumento da frequência de doenças orais, como a cárie;
  • dores na articulação temporomandibular — ATM;
  • ranger ou apertar os dentes (bruxismo);
  • problemas de mordida, como mordida aberta ou cruzada;
  • dificuldade para morder e mastigar alimentos;
  • dores de ouvido ou zumbido;
  • problemas de postura;
  • dificuldade para abrir e fechar a boca;
  • desconforto ao falar ou Sorrir.

É importante frisar que nem todas as pessoas com má oclusão dentária apresentam todos esses sintomas. Por isso, é fundamental a Avaliação de um Dentista.

Quais são as causas?

São diversos os motivos que podem gerar problemas no alinhamento dos dentes. Os principais são:

  • Genética — algumas pessoas têm um risco maior de desenvolver má oclusão devido a fatores genéticos;
  • Trauma — lesões na cabeça ou no rosto podem afetar a posição dos dentes e da mandíbula;
  • Doenças — algumas doenças, como distrofia muscular, podem afetar a posição dos dentes e do maxilar inferior;
  • Desgaste natural dos dentes — com o passar do tempo, os dentes podem se desgastar ou se deslocar devido ao uso natural;
  • Hábitos ruins — ranger ou apertar os dentes, morder objetos duros (como tampa ou ponta da caneta) ou, ainda, chupar o dedo podem afetar a posição dos dentes;
  • Problemas de crescimento e desenvolvimento da face e mandíbula — muitas crianças apresentam disfunção de crescimento, gerando o desalinhamento dentário;
  • Falta de Tratamento Ortodôntico adequado em fases iniciais — quando o Dentista percebe a má oclusão, é importante iniciar o Tratamento o quanto antes para que o problema não se agrave.

Quais são os tipos de má oclusão dentária?

Há vários tipos e níveis de má oclusão dos dentes, incluindo:

  • Mordida aberta anterior — os dentes inferiores ficam à frente dos dentes superiores quando a boca está fechada;
  • Mordida aberta lateral — os dentes superiores e inferiores não se encontram corretamente quando a boca está fechada, causando um espaço entre dentes;
  • Mordida cruzada anterior — os dentes inferiores ficam posicionados mais para dentro do que os dentes superiores quando a boca está fechada;
  • Mordida cruzada posterior — os dentes posteriores não se encontram corretamente quando a boca está fechada;
  • Mordida profunda — os dentes superiores ficam mais para dentro do que os dentes inferiores;
  • Mordida inversa — os dentes superiores ficam para trás em relação aos inferiores;
  • Sobremordida — os dentes superiores projetam-se mais para frente do que os inferiores.

Qual profissional procurar?

É sempre importante lembrar que as consultas periódicas com um Dentista são essenciais para manter a saúde bucal, bem como para prevenir e tratar problemas dentários. Então, procure um profissional de confiança para fazer visitas regulares. Normalmente, a má oclusão pode ser percebida por um Dentista experiente. No entanto, há casos em que ele pode solicitar exames complementares.

Caso seja identificado o problema de alinhamento nos dentes, você deverá consultar um Ortodontista. Afinal, a Ortodontia é uma área específica da Odontologia e que trabalha na correção da posição dos dentes e dos ossos do maxilar para que o Cliente tenha a mordida corrigida, permitindo que ele não sofra mais com os sintomas listados anteriormente.

Quais são os tratamentos para problemas de oclusão?

Da mesma forma que há vários graus e tipos de má oclusão, há um Tratamento específico para cada um deles, como:

  • Aparelho Ortodôntico — há diversos modelos de Aparelhos Ortodônticos, como os alinhadores ou com o uso de braquetes que ajudam a mover os dentes para a posição correta;
  • Cirurgia ortognática — trata-se de uma cirurgia que corrige problemas estruturais do maxilar da mandíbula, como desproporção facial ou problemas de articulação. Vale lembrar que essa cirurgia deve ser feita por um cirurgião bucomaxilofacial;
  • Tratamento protético — inclui elementos como próteses dentárias, pontes e coroas que ajudam a restaurar a função e a aparência dos dentes;
  • Terapia oclusal — essa terapia trabalha para equilibrar a oclusão dos dentes superiores e inferiores, melhorando a função, posição e estabilidade dos dentes;
  • Terapia da dor — como alguns dos sintomas incluem dores, em alguns casos é necessário fazer uso de analgésicos e outras medidas para aliviar a dor associada à má oclusão dentária;
  • Facetas dentárias — os dentes são modificados em comprimento, forma e superfície com o uso de facetas. Assim, se a causa do mal alinhamento entre os dentes for devido ao formato, o problema ficará resolvido.

É importante saber que, a depender do caso, mais de um Tratamento pode ser indicado. Para saber qual é o ideal para você, torna-se indispensável consultar um Ortodontista e realizar todos os exames que ele solicitar.

Como você viu, a má oclusão dentária não é apenas uma questão de estética, pois pode gerar graves problemas à saúde. Então, não deixe de procurar um Dentista experiente para avaliar o seu caso e, assim, indicar o Tratamento ideal para realinhar seus dentes e trazer mais saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Quer um Dentista renomado e no qual você pode confiar? Então, encontre uma OrthoDontic mais próxima e agende uma consulta!

Compartilhe:

Redes Sociais

Mais Populares

Posts Relacionados

Rolar para cima

Usamos cookies para garantir a melhor experiência para você. Ao acessar nosso portal, você está de acordo com a nossa Política de Privacidade

cropped-simbolo-logo.png

DEIXE SEU NÚMERO E EM BREVE ENTRAREMOS EM CONTATO